Complicada demais
Pra sua capacidade de raciocínio

Complicada de mais. Não tente entender!

#photooftheday #histórias #fases #tarde

Posted 4 March 2014, 1 month ago | reblog this post

Oi, meu dia não foi legal. Você não estava aqui para me acordar com um beijo, nem ao menos com um sms, e isso já me deixou emburrada até a hora do almoço. Almocei sem a tua voz linda dizendo que eu tinha que comer para crescer e ficar forte, senti falta. Logo depois fui arrumar a cozinha e me lembrei de quando a gente apostava quem terminava primeiro, você, por incrível que pareça, sempre ganhava, o que me deixava brava. Mas ao mesmo tempo, era tão legal te ver falando daquele jeito, como se fosse o maioral, o melhor, melhor do mundo em lavar louça. Fiz suco de maracujá, e me lembrei daquele dia em que você estava tomando e ficou todo lesado. Você era tão fraco com essas coisas. E forte demais para outras. Me sentei na janela, fiquei olhando os pássaros na árvore que tem aqui na casa da vizinha e acabei me lembrando de quando eu ficava conversando no telefone com você e observando eles ao mesmo tempo. Sabe, nem eles estão bonitos como antes. Sou muito desastrada e você sabe disso, acabei derrubando esmalte na sala, e quando fui limpar escorreguei e cai de bumbum no chão. Rindo, peguei o telefone e disquei seu número, que eu ainda sei de cor, mas quando eu ia colocar para tocar, me lembrei que você não iria atender, e comecei a chorar. Me lembrei daquela frase da Tati Bernardi : “Mas aí lembrei no meio da minha gargalhada, como eu queria contar essa história para você. E fiquei triste de novo.” E por incrível que pareça até esta frase me fez lembrar você, porque alguma vez colocou ela no seu subnick do msn. Fiquei ali, parada, sentada no chão, com o telefone na mão, e com todas aquelas lágrimas escorrendo pelo meu rosto me lembrando que um dia eu te tive, e que eu realmente fui feliz, enquanto agora eu sou somente o resto. O resto do que um dia eu fui. Meu dia não foi legal, e nunca vai ser, porque sempre vai faltar, você.—Meu dia não teria sido um saco se você estivesse aqui…    

Posted 25 December 2012, 1 year ago | reblog this post
- Você acredita no “para sempre”?
- Talvez.
- “Talvez “ não é uma certeza.
- “Para sempre” também não.
— (via livrariapessoal)
Posted 25 December 2012, 1 year ago | 78 notes | reblog this post
(originally livrariapessoal / via insanisx)
Acordei no mesmo horário de sempre, lembra? Peguei meu celular e comecei a digitar um mensagem, então lembrei que não precisaria mais. Dei alguns passos até o banheiro, me olhei no espelho e vi como meus olhos estavam inchados. Lembra que eu sorria quando acordava? Lavei o rosto e fui para cozinha, abri a geladeira, mas nenhum alimento me agradava. Sempre gostei de comer, lembra? Peguei a garrafa de água e a bebi toda, voltei ao meu quarto pus meu jeans azul, minha regata amarela e minha sapatilha coral. Lembra que me vesti assim quando fomos no cinema pela primeira vez? Peguei minha mochila e desci o morro até o ponto de ônibus ouvindo nossas músicas, aquelas que você nem sabia que pensava em você enquanto ouvia, então não posso perguntar se lembra. Entrei no ônibus e estava a caminho da escola. Encostei a cabeça na janela, fechei os olhos, como se isso barrasse minhas lágrimas, engoli o choro muitas vezes, mas minha cara de zumbi continuava a mesma. Ao descer do ônibus, olhei para o banco, aquele que você me esperava toda manhã, lembra-se disso? Agora sei como minha mochila pesa até a escola, talvez o peso seja dentro de mim também, porque estou quase caída no chão. Passei por você essa manhã e você nem olhou na minha cara, depois diz que quer me ver feliz. Fugi da escola, peguei o primeiro ônibus e parti para onde ele me levasse. Queria fugir da realidade de viver sem você. Voltei para o colégio, achei ter criado coragem para falar com você mas, quando cheguei na sua frente desabei, lembra como costumava ser forte? Disse-me que eu era vítima e me perguntei o que queria que eu fosse. Lembra como você me elogiava? Não ouço mais nada de positivo em mim. Assim que fora todos meus dias úteis, ou seriam inúteis? Chegou o fim de semana, então lembrei de como acordava cedo para limpar a casa, sabia que viria depois do meio-dia me ver e passar a tarde toda comigo, então dormi até às onze. Lembra como você sorria para mim quando chegava aqui em casa? Limpei a casa durante a tarde, olhando vez ou outra a porta, como se eu sentisse que você voltaria. Domingo está por vir. Lembra que nos domingos ia na sua casa? Lembra que ficávamos jogando? Lembra que dormíamos? Lembra que eu acordava várias vezes durante o sono, só para ver se você estava dormindo bem? Lembra como éramos amigos? Lembra de nós? Lembra de quem eu costumava ser por você?
Lembra de nós?, enganável.  (via overla-p)
Posted 7 December 2012, 1 year ago | 1,866 notes | reblog this post
(originally enganavel / via hurtedd)

Uma casinha bonita. Um emprego que eu adore. Uma pessoa que me entenda. Um par de pés pra me guiar. E um de braços pra dias frios. Um chão pra quando meu mundo desabar. Um colo eterno de mãe. Um lugar pra voltar. Outro pra ficar pra sempre.

Posted 2 December 2012, 1 year ago | reblog this post

Ouvindo minha música preferida:

Comendo:

No carro/ônibus:

No meu quarto:

Com meu amigo:

Num lugar que desliza:

Posted 2 December 2012, 1 year ago | 31,092 notes | reblog this post
(originally itswish / via obseuteamarei)

Não importa o que tenha acontecido entre a gente. Não importa quantas vezes eu disse pra mim mesmo que ia te esquecer durante o dia. De noite, quando eu deitar na cama, ainda vou te querer comigo, ainda vou sonhar com teu abraço, ainda vou desejar você com todas as minhas forças, e você ainda será meu último pensamento antes de dormir.

Posted 2 December 2012, 1 year ago | reblog this post
Talvez seja você. A vida vai dizer. De qualquer forma: obrigado por me fazer dormir sorrindo.
Clarice Lispector. 
Posted 2 December 2012, 1 year ago | reblog this post

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.

Posted 2 December 2012, 1 year ago | reblog this post

Você que me criticou e me ensinou o quão forte eu precisava ser para realizar o meus sonhos… Me fazendo enxergar e não apenas ver… Me fazendo dedicar cada vez mais para mostrar para o que eu vim!

Mostrar que todos podemos VENCER, só precisamos ter fé, força de vontade e ACREDITAR.

Posted 2 December 2012, 1 year ago | reblog this post
CREDITS:
Theme por poetadecepcionada; Base por nothingbutterain; Links por e-n-s-e-j-o-s; Don't copy.
1 2 3 4 5 6 »
contador de visitas
Contador de visitas
diseño web económico